Daniel Caballero

Minibio
Daniel Caballero é um artista visual de São Paulo, cidade onde reside e trabalha. Sua relação pessoal com a cidade, é o campo de experimentação onde atua como observador ativo. Seu trabalho se manifesta em diversas mídias, que vão de suportes tradicionais como desenho, instalação ou vídeo, a ações fora do espaço expositivo institucional, tentando novas formas de engajamento da obra e o espectador. 

 

 

Curriculo completo
Contato danielcab04@gmail.com ( 11 ) 981333668
caballeroland.art         cerradoinfinito.com.br

 

Exposições individuais
(2015-2017)
Projeto Cerrado Infinito – Trabalho em processo na Pça Homero Silva – Pompéia – SP/SP
(2015) 
Tóxico Trópico - curadoria - Mariaelena Cappuccio - G.Carlos Carvalho - Lisboa - Portugal
Daniel Caballero com o Instituto Politécnico do Porto - Porto - Portugal
Terra non Descoperta - Galeria Virgilio - São Paulo - SP
Tudo que vejo é meu - Individual do programa de exposições do MARP - R. Preto. SP
(2014)
Land Art ou Onde podemos construir montanhas? - curadoria - Renato Pera - Estação de metrô São Bento- São Paulo - SP
Expedição botânica entre avenidas paulistanas - 18ª Cultura Inglesa Festival - SP/SP
(2013)
Desenho rápido enquanto a paisagem desaparece - Galeria Central - curadoria –Wagner Lungov - São Paulo -SP
O Jardim - Hospital Edmundo Vasconcelos- curadoria - Rejane Cintrão - São Paulo - SP
(2009)
Boas maneiras : Geofágos educados não acreditam em linhas imaginárias-Casa do olhar – Santo André - Brasil - SP
Andando, desenho linhas imaginárias que preenchem o espaço com percursos inutéis- Paço Municipal de Santo André curadoria/curated by –Saulo di Tarso- SP/SP - Brasil 
(2008)
Começos do fim do mundo- Galeria POP – curadoria–Roger Basetto- SP/SP – Brasil 

 

Exposições coletivas
(2017)
Trienal Frestas, SESC Sorocaba - Curadoria Daniela Labra, Fábio Tremonte e Yudi Rafael - Sorocaba - SP
Exposição Geografias SESC Santos - Santos - SP
(2015)
Exposição Geografias SESC Jundiaí - Jundiaí - SP
(2014)
Premiado 39° SARP - Salão de Arte de Ribeirão Preto, - Ribeirão Preto - SP
Naturantes- Biblioteca Brasiliana - Curadoria - Hugo Fortes - São Paulo - SP
Cidade Intíma - Espaço Fidalga- São Paulo- SP
Ele disse: Não gosto de paisagem - curadoria - Fátima Lambert - Porto- Portugal
(2013)
Horizonte emergente -13ª Salão de Itajaí- cur. - Josué Mattos - Itajaí- SC
Preâmbulo - Galeria Contempo - curadoria–Mario Gioia - São Paulo - SP
(2012)
“Independência ou morte” - Espaço Fidalga - Coletiva Fidalga - São Paulo - SP
“Colectiva de desenho...(chamo silêncio á linguagem-que-já-não-é-orgão-de-nada)...” - Quase Galeria - curadoria/curated by - Fátima Lambert - Porto - Portugal
“Linha aparente” Sergio Gonçalves Galeria - curadoria - Raphael Fonseca - RJ/RJ
“ Cidades contínuas : Prológo” - Condomínio Cultural - curadoria/curated by - Coletivo Parênteses - São Paulo - SP
 “Temporada de projetos do Paço das Artes” - Paço das Artes- curadoria -Priscila Arantes, Cristiana Tejo, Rejane Cintrão e Tadeu Chiarelli -São Paulo - Brasil
“Vitrines” - Metrô Trianon/MASP- curadoria -Regina Silveira -São Paulo - SP
(2011)
“Programa Banco Santander de arte contemporânea - Edificio Sede do Banco Santander“– curadoria– Regina Cintrão – São Paulo-Brasil.
“About Change” The World Bank Main Complex – curadoria - Marina Galvani - Washington DC – USA.
“20 e Poucos Anos: Portfólio” Baró Galeria –curadoria – Adriano Casanova - São Paulo - SP